Monday, January 28, 2008



"O MUNDO É APENAS UM PONTE:

USA-A PARA PASSARES PARA O LADO DE LÁ MAS NÃO CONSTRUAS CASAS NELA."

(Akbar o Grande)

10 Comments:

Blogger Jose Gonçalves said...

Olá aramis

Eu sei que vou ter de a usar mas quanto mais tarde melhor.
Não achei muita graça a esta tua postagem.
Um beijinho e mais alegria.
José Gonçalves

12:10 PM  
Blogger elvira carvalho said...

Um tanto morbido, não Aramis.
Um abraço

1:45 PM  
Blogger Sophiamar said...

O mundo é uma passagem para a outra margem. E afinal tanta inimizade, tanta arrogância, tanta injustiça....
memória curta têm os homens.

Beijinhosssss

2:32 PM  
Blogger amigona avó e a neta princesa said...

É, mas a gente esquece...beijinhos...

10:06 PM  
Blogger aramis said...

Meu querido amigo José Gonçalves e Elvira,
O sentido que eu tirei desta frase foi de que construir "as casas na ponte", significa que não devemos criar obstáculos, guerras, inimizades, ou seja, ter a ponte limpa de tudo o que é negativo...

Se calhar, não a interpretei bem!
Muitos beijinhos

9:06 AM  
Blogger aramis said...

Meu querido amigo José Gonçalves e Elvira,
O sentido que eu tirei desta frase foi de que construir "as casas na ponte", significa que não devemos criar obstáculos, guerras, inimizades, ou seja, ter a ponte limpa de tudo o que é negativo...

Se calhar, não a interpretei bem!
Muitos beijinhos

9:07 AM  
Blogger Sophiamar said...

Vim ao teu encontro pela ponte que estás a construir na blogosfera e deixo-te beijinhos envolvidos num grande abraço de amizade.

9:21 AM  
Blogger Um Momento said...

Pontes que se atravessam ao longo da vida...
Nos levam a margens desconhecidas...
Umas felizes... outras sofridas...

Deixo um beijo querida Aramis

(*)

1:10 PM  
Blogger Brancamar said...

São engraçadas as diferentes interpretações que se podem fazer de alguns posts. A mim esta frase fez-me lembrar uma história de um sábio que vivia numa casa isolado na montanha, sem nada, apenas com alguns livros no chão, já não me lembro dos pormenores da história, mas havia um turista que o interpelava a propósito disso e o sábio dizia-lhe: mas o senhor também não traz bagagem e o turista respondeu que estava de passagem, ao que o sábio retorquiu: EU TAMBÉM...
É assim que interpreto esta ponte, nada de construir coisas que estorvem a nossa felicidade.
Beijinho

6:47 PM  
Blogger David Neves Ançã said...

Meus queridos!!! Na minha humilde opinião só a nossa amiga Brancamar conseguiu captar o significado mais profundo desta frase. Não tem nada de mórbido... Não tem a nossa vida aqui neste planeta uma duração de apenas um instante??? Não estamos todos, a cada segundo, a caminho do lado de lá??? Da eternidade!!!! Lá, sim, é onde devemos de estar a investir!!!! No que vai ser uma vida eterna, sem mais pontes... sem mais "lado de lá". Não gastemos as nossas energias em materialismos! As casas de que a frase fala são as casas do materialismo, meus amigos! Acima de tudo não se esqueçam de que estamos TODOS aqui só de passagem. Somos TODOS estrangeiros. Curtam a passagem pela ponte!!!

11:01 PM  

Post a Comment

<< Home