Saturday, July 21, 2007

POR TE REVER





Quisera roubar-te essas palavras e morrer
Trazer-te assim até ao fim do que eu puder
E começar um dia mais eternamente
Por te rever, só
Pudesse eu guardar-te nos sentidos e na voz
E descobrir o que será de nós
E demorar um dia mais eternamente
Por te rever, só
Quisera a ternura, calmaria azul do mar
O riso o amor o gosto a sal o sol do olhar
E um lugar pra me espraiar eternamente
Por te rever, só
Pudesse eu ser tempo a respirar no teu abraço
Adormecer e abandonar-me de cansaço
Quisera assim perder-me em mim eternamente
Por te rever, só


Poema de Mafalda Veiga


8 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Lindo!
Margarida

9:44 AM  
Blogger Jose Gonçalves said...

aramis


Mafalda Veiga a reter e a rever.
Muito bom o poema
Muitos beijinhos
José Gonçalves.

10:27 AM  
Blogger Maria Faia said...

Olá Aramis,

Para além de ter gostado muito de estar, ontem, na sua/nossa terra de S. Martinho do Porto, fiquei hoje encantada com a poesia, sensível de Mafalda Veiga, com a qual decidiu brindar os seus amigos.
Parabéns pela sábia escolha e...
Um Bom Domingo para si.

5:18 PM  
Blogger Luís Galego said...

Pudesse eu ser tempo a respirar no teu abraço
Adormecer e abandonar-me de cansaço

gostei e muito....

2:19 PM  
Blogger aramis said...

Querida Guida,
Ainda bem que gostaste!
Obrigada por teres cá passado...
Beijinhos

7:38 AM  
Blogger aramis said...

Amigo José Gonçalves,
Gosto muito dos poemas dela e pelos vistos, tu também! Então lá estaremos no Sabado para nos encantarmos...
Muitos beijinhos

7:40 AM  
Blogger aramis said...

Amiga Mariafaia,
São Martinho tem um encanto que não sabemos explicar!

Por vezes quando estamos a "rebentar" para dizer qualquer coisa, encontramos nestes e noutros poetas a solução... e toca a po-los a falar por nós!
Beijinhos e desejo-lhe uma boa semana.

7:45 AM  
Blogger aramis said...

Amigo Luis,

Existem por vezes palavras que nos tocam bem fundo,não é?
Beijinhos e obrigada pela visita.

7:47 AM  

Post a Comment

<< Home